• Reventa moto Honda
  • Promoções da semana
  • Oficina
  • Agendamento
  • Peças e acessórios
  • Promoções
  • Notícias
  • Newsletter
  • Empresa
  • Fale conosco
Conheça as demais
empresas do grupo:


Família 500 da Honda: linhas esportivas e melhor custo benefício


Sucesso de vendas no Brasil, CB 500X, CB 500F e CBR 500R trazem novas cores e grafismos além de reposicionamento de mercado

 

A preferência dos brasileiros pelos modelos da linha 500 é inquestionável. Desde o lançamento em  2014 até junho deste ano, mais de 22 mil unidades chegaram às mãos de consumidores de todos os tipos: motociclistas mais experientes, assim como novatos que buscam a 1ª máquina de alta cilindrada foram plenamente atendidos pela família composta pela naked CB 500F, a esportiva CBR 500R e a crossover CB 500X. Fáceis de pilotar, econômicas, adequadas para o uso rodoviário, urbano e sem jamais renunciar a uma forte dose de esportividade, é esta diversidade um dos segredos da linha, pois há sempre uma 500 perfeita para cada tipo de motociclista.

DNA aventureiro

 A crossover CB 500X vem com uma inédita ponteira de escape, mais compacta, que exalta a performance do motor bicilíndrico de 50,4 cv de potência e 4,55 kgm.f de torque. Tais cifras, aliadas à ágil ciclística proporcionada pelo chassi tipo Diamond e modernas suspensões ajustáveis, resultam em uma excelente maneabilidade. Com peso de apenas 183 kg, a CB 500X se destaca pela posição de pilotagem ereta, onde o conforto é resultado de uma correta triangulação entre guidão, banco e pedaleiras, e também da existência do para-brisa regulável em dois níveis de altura. A CB 500X é certamente a mais versátil da família 500 Honda, capaz de enfrentar viagens longas sem escolher caminhos, ajudada pelas suspensões de curso generoso e da grande autonomia facilitada pelo tanque de 17,7 litros. No dia-a-dia, a docilidade dos comandos, o largo guidão e distância do banco em relação ao solo contida a 810 mm ajuda tanto as manobras de estacionamento como a condução em baixas velocidades. Para versão 2018, às novidades ficam por conta das novas cores Verde Perolizado e Vermelho Perolizado em grafismos redesenhados com linhas mais aventureiras.

Naked referência

A CB 500F segue com rigor a fórmula das mais clássicas naked, onde o motor bicilíndrico é protagonista do novo design. Acompanhada das novas cores Azul Perolizado e Vermelho em grafismos e linhas que ressaltam às belas formas do anguloso tanque, rabeta e grupo ótico frontal iluminados por LED, o modelo é porta de entrada da Honda no mundo da alta cilindrada.  A posição de pilotagem agressiva estimula explorar as qualidades do conjunto ciclístico, que em parceria com a vigorosa performance oferecida pelo motor, pelo preciso câmbio de seis marchas e freios a disco de grande diâmetro oferece uma experiência de pilotagem gratificante. O ambiente preferencial da CB 500F é a cidade, onde o peso de apenas 178kg. É a mais leve e ágil da família 500 da Honda, companheira ideal para o dia a dia.

Esportiva verdadeira

 Herdeira da tradição vencedora nas pistas, a CBR 500R é uma esportiva verdadeira, capaz de satisfazer tanto a pilotos experientes como aqueles que a escolherão como primeira real esportiva de alta cilindrada. Motociclistas acostumados à máquinas de maior porte e potência assim como principiantes encontrarão no exato equilíbrio desta sport a razão do uso do prestigioso "CBR" no modelo, sigla que identifica as máquinas de performance superior da Honda. Disponível em cor única (Vermelho), a carenagem integral atrai pela excelência do design e eficiência aerodinâmica. O posicionamento do piloto, mais avançado, visa maior sensibilidade na tocada esportiva sem que tal postura comporte em desconforto no uso urbano.     

Modernidade técnica compartilhada

 O motor da linha 500 Honda é um bicilindro paralelo com duplo comando de válvulas no cabeçote (DOHC) e quatro válvulas por cilindro. As medidas de diâmetro e curso (67 x 66,8mm) favorecem torque consistente com capacidade de atingir rapidamente elevados regimes de rotação. Um eixo de equilíbrio posicionado atrás dos cilindros proporciona uma subida de giros com vibrações mínimas e o sistema de alimentação por injeção PGM-FI oferece respostas vigorosas do acelerador. Tal motor se destaca pelas dimensões longitudinais contidas, onde o câmbio de seis marchas está posicionado em esquema semelhante ao usado nos motores tetra cilíndricos das CBR´s, qualidade esta que permite um melhor posicionamento do baricentro.

 O chassi construído com tubos de aço de 35 mm de diâmetro concilia um equilíbrio exato entre rigidez e flexibilidade, minimizando vibrações e resultando em uma pilotagem precisa e confortável. Estabilidade e agilidade são também resultado da centralização das massas e da escolha correta das suspensões, telescópica na dianteira e monoamortecida com sistema progressivo Pro-Link vinculada à balança de aço na traseira. Em ambas há possibilidade de regulagem da pré-carga das molas.

 Pneus radiais calçam rodas de liga-leve como seis raios duplos e freios a disco de grande diâmetro (320 mm à frente, 240 mm atrás) dotados de ABS. O painel é digital com velocímetro, conta-giros, relógio, hodômetro total e parcial, indicação de consumo de combustível instantâneo e médio, além de diagnóstico do motor. 



 

Por Jacson Miguel Stulp (CaseMKT), com informações da Honda.

 

 

 



Itens relacionados: